Archive for the 'Notícias na web' Category

“As tecnologias digitais no ensino e aprendizagem de línguas”, uma nova edição temática da revista Veredas

v-20-n-1

Já está no ar o volume 20, número 1, da Veredas – Revista de Estudos Linguísticos – (Qualis A2). Esta edição temática aborda “As tecnologias digitais no ensino e aprendizagem de línguas” e foi organizada pelas pesquisadoras Denise Bértoli Braga (UNICAMP), Kátia Cristina do Amaral Tavares (UFRJ) e Patrícia Nora de Souza Ribeiro (UFJF).

Veja os artigos deste número em http://www.ufjf.br/revistaveredas/edicoes/2016-2/v-20-no-1/

+++

Mudando de tema, tenho que dizer que estou feliz, pois passei mais de um ano e meio sem poder fazer nada neste blog por um problema técnico com a minha autenticação no site.

Nesse intervalo de tempo muitas coisas aconteceram, assim que terei que ir atualizando aos poucos as informações deste blog. Peço desculpas pelo problema, mas vocês não foram esquecidos. Pelo que vejo, me aguarda muito trabalho.

Anúncios

“Français sans Frontières”, curso de francês on-line no novo programa Idiomas sem Fronteiras

ISF-francesNa segunda-feira foi publicada no DOU a Portaria No-973, de 14 de novembro de 2014, que institui o programa Idiomas sem Fronteiras (IsF).

Ontem conhecemos a primeira ação realizada pelo IsF, que foi o lançamento do curso on-line “Français sans Frontières“, como podem ver nesta notícia “MEC oferece 1.500 vagas em curso de língua francesa“.

Aguardaremos os cursos on-line das outras línguas, além do inglês que já está em funcionamento, com o MEO (“My English Online”).

Site ensina inglês de graça com mais de 600 videoaulas de 3 minutos cada uma

voceaprendeagora-aulas

No ‘Você Aprende Agora’, o aluno pode acessar os vídeos por uma sequência ou selecionar o tema ou tópico que deseja ver.

Para quem não tem nem tempo nem dinheiro para dedicar ao ensino da língua, o curso online desenvolvido pelo professor Felipe Dib pode ser uma alternativa. Com vídeos de 3 minutos, o site Você Aprende Agora reúne 618 aulas de inglês, todas gratuitas e dadas pelo empreendedor, do nível básico ao fluente.

A ideia de gravar vídeos ensinando inglês surgiu em 2011 após o professor sofrer dois acidentes de carro em um curto espaço de tempo. “Foi a forma que eu encontrei para agradecer a Deus por ter sobrevivido aos acidentes”, explicou. A partir daí, ele começou a gravar aulas em casa e disponibilizar o material de forma gratuita no Youtube. Em março de 2013, os vídeos migraram para o site atual do curso.

No Você Aprende Agora, o aluno pode acessar os vídeos por uma sequência ou selecionar o tema que deseja ver, como modal verbs, prepositions e tag questions. Às vezes, o foco da aula não é uma questão gramatical.

Todas as aulas são disponibilizadas de forma gratuita. No entanto, se o usuário quiser treinar os conhecimentos adquiridos e fazer exercícios, deve optar por um dos quatro planos de pagamento existentes no site. Os valores variam de acordo com a quantidade de exercícios que o aluno quiser contratar.

No plano mais simples, para ter direito a resolver 50 exercícios, o usuário deverá desembolsar R$49. No maior plano, de R$389 (parceláveis em seis vezes), o estudante tem direito a fazer 1.000 exercícios, ter uma hora de aula particular com Dib por Skype e ainda recebe um certificado emitido pelo Institute of Education, uma entidade de ensino e pesquisa da Universidade de Londres.

Metodologia

A metodologia desenvolvida por Dib possui foco na abordagem comunicativa, um método de ensino voltado para a comunicação. Nesse formato, o aluno aprende termos e atividades cotidianas que o auxiliam na interação com outros falantes da língua. Nos primeiros vídeos, por exemplo, ele ensina expressões usadas para iniciar um diálogo.

“A nossa metodologia prevê que o usuário dedique dez minutos para cada aula. Primeiro, ele entende; depois, ele repete e escreve os conceitos da aula. ” O desenvolvimento do usuário também pode ser acompanhado ao longo do curso. É possível saber quando a pessoa se cadastrou, o número de exercícios que ela fez, quantos estavam corretos e a barra de progressão individual em cada módulo.

Comentários de Gonzalo Abio: Reproduzo aqui esta matéria tomada do site Último segundo, porque achei que pode ser de interesse devido ao perfil que mantemos neste blog, mas não temos relação com o curso ou empresas que aparecem na notícia.

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/2014-08-27/site-ensina-ingles-de-graca-com-mais-de-600-videoaulas-de-3-minutos-cada-uma.html

 

Concurso de aplicativos e jogos vai dar R$ 4,5 milhões em prêmios

aplicativosUma boa notícia é este concurso promovido pelo Ministério das Comunicações para criação de aplicativos para a educação e outras esferas de interesse público.

A notícia original é esta “Concurso de aplicativos e jogos vai dar R$ 4,5 milhões em prêmios

Vamos ver se professores e programadores podem fazer uma boa parceria com esse objetivo.

Mais detalhes no edital e página de inscrição aqui.

Não há muito tempo, pois os projetos serão recebidos apenas até o dia 19 de setembro, mas depois haverá um tempo para o desenvolvimento e entrega dos aplicativos e jogos aprovados!!

Educação abre cursos gratuitos online de idiomas e preparatório para ex-alunos

Egressos da rede estadual paulista entre 2007 e 2013 já podem se matricular nas aulas da EVESP

Veja aqui a notícia sobre os cursos de línguas online da EVESP.

Programa e-Tec Idiomas Sem Fronteiras democratizará acesso a cursos gratuitos

Democratizar o acesso a cursos de idiomas gratuitos e de qualidade reconhecida. Esta é a proposta do Programa e-Tec Idiomas Sem Fronteiras, lançado nacionalmente nesta quinta-feira, 15 de maio, em Pelotas.  A iniciativa pertence ao Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e à Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec).

O Programa ofertará a estudantes e servidores da Rede Federal de Educação Profissional cursos de Inglês, Espanhol e, também, de Português para Estrangeiros, na modalidade a distância. As aulas iniciarão em agosto, em todo o Brasil. Os cursos terão três módulos, cada um com 200 horas.

Durante o lançamento, o reitor do Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul), Marcelo Bender – representando o Conif no evento – destacou a importância do ensino de outros idiomas nas instituições da Rede Federal. Ele chamou a atenção para o fato de que o desconhecimento de línguas tem sido causa de impedimento para que muitas pessoas sejam beneficiadas por programas de mobilidade, como o Ciência sem Fronteiras.

A titular da Assessoria de Assuntos Internacionais (Assint) do IFSul, que está na coordenação nacional do Programa e-Tec Idiomas, Lia Pachalski,  salientou que será possível, por meio desta iniciativa, oferecer um ensino de idiomas de qualidade e acessível a todos.  Para Lia, os cursos aumentarão as possibilidades de intercâmbios internacionais e serão diferenciais que os estudantes terão para o ingresso no mercado de trabalho.

Além de terem o conhecimento do idioma, os participantes receberão certificação. Algo que a professora de Português e Espanhol, Ana Regene Varela, do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), considera essencial. Ela acredita que muitos alunos perdem oportunidades porque lhes faltam o conhecimento ou o meio de comprovar oficialmente que têm domínio de uma língua estrangeira. “Muitos sabem a língua, mas não têm o certificado para participar de um programa quando o mesmo lhes é exigido”, avalia.

Treinamento – Até sábado (17), representantes de institutos federais de todo o Brasil permanecerão em Pelotas, em capacitação para trabalhar com as ferramentas do programa. O treinamento, dividido em três etapas, está sendo repassado por servidores do Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul), já que foi o Núcleo de Produção e Tecnologia Educacional (NPTE) do instituto que desenvolveu os elementos necessários para a realização dos cursos, tais como o ambiente virtual de aprendizagem e o material didático.

Agora, participam os coordenadores dos institutos federais que vão atuar nos cursos de Espanhol. No final deste mês, a capacitação será no curso de Inglês, e, em junho, no de Português para Estrangeiros.

e-Tec Idiomas – O Programa foi desenvolvido pelo IFSul, com a efetiva colaboração dos institutos federais do Ceará (IFCE) e do Rio Grande do Norte (IFRN), que elaboraram os conteúdos de Inglês e Espanhol. O IFSul ficou responsável pela criação dos conteúdos de Português para Estrangeiros.

O e-Tec Idiomas sem Fronteiras é inédito para a Rede e visa a oferecer cursos de idiomas, capacitando estudantes e servidores para o programa Ciência sem Fronteiras e demais projetos de mobilidade internacional, sendo uma ferramenta importante para o processo de internacionalização e cooperação internacional.

Na modalidade a distância, busca atender, de forma qualificada, uma demanda significativa no meio da Educação Profissional. Também  é destinado a trabalhadores que atuam na área de serviço e enfrentam, no dia a dia, dificuldades na comunicação com visitantes ou comerciantes estrangeiros.

fonte:
autor: Miguel Ahid, com informações da Ascom do IFSul e CONIF
data: 16 de maio de 2014.
URL: http://www.ifma.edu.br/index.php/departamentos/6884-programa-e-tec-idiomas-sem-fronteiras-democratizara-acesso-a-cursos-gratuitos
Imagem: http://portalead.ifma.edu.br/images/20140515_095621reduzi.png

MapeoTIC e Panorama, duas novas plataformas com informações sobre educação e TIC na América Latina

A Rede de Portais Educativos da América Latina (RELPE) lançou duas plataformas web, Mapeo e Panorama, para agrupar notícias e publicações sobre educação e TIC.

Mapeo é um mapeamento de informações regionais sobre usos da tecnologia na educação no contexto ibero-americano.

MAPEOTIC-LOGOhttp://mapeotic.org

Em Panorama (Panorama Ibero-americano de políticas TIC em educação) as notícias e publicações estão organizadas por países e também por temas (capacitação, conectividade, conteúdos, equipamento, estratégias pedagógicas e avaliações).

panoramaTIC-LOGOhttp://panoramatic.org

Na minha opinião estas são duas excelentes iniciativas para agrupar e organizar a crescente informação sobre o tema produzida na região.

fonte: adaptado de conectarigualdad.gob.ar


Escreva seu e-mail para assinar este blog e saber sobre o envio de novos comentários neste blog.

Junte-se a 98 outros seguidores

Arquivos do blog