Posts Tagged 'Google'

Ferramentas do Google serão usadas em escolas estaduais de SP

Pela parceria, anunciada nesta quarta, empresa oferecerá pacote tecnológico personalizado em 2014; professores serão capacitados

SÃO PAULO – As ferramentas do Google serão, a partir de 2014, usadas nas escolas estaduais de São Paulo e todos os 230 mil professores da rede serão capacitados para usar essas tecnologias.

O anúncio foi feito ontem pelo governador Geraldo Alckmin, em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, no Morumbi, na zona sul, quase um mês após o Estado lançar outra parceria com a Microsoft para oferecer gratuitamente programas do pacote Office para todos os estudantes das escolas estaduais a partir do 1.º semestre de 2014.

Desta vez, o governo firmou uma parceria com o Google para obter gratuitamente um pacote personalizado da suíte Google Apps para Educação – que contém o Docs, o Gmail, o calendário, o Google+ (a rede social do Google), videoconferências via hangout, entre outros produtos.

A expectativa é de atender a todos os 4,3 milhões de alunos e treinar todos os docentes da rede pela Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Professores (Efap).

A plataforma é a mesma que existe hoje para os usuários do Google, mas terá um formato fechado para a Secretaria Estadual de Educação, que fará o gerenciamento dos aplicativos e do conteúdo. Nessa suíte, por exemplo, os alunos terão e-mails com capacidade de 25 GB e acesso à rede social específica da secretaria – a versão gratuita do e-mail permite 1 GB. Eles também poderão compartilhar arquivos por meio do Google Drive de até 25 GB – na versão grátis, são 10 GB -, além de fazer trabalhos simultaneamente nos mesmos arquivos, ter tutoria dos professores e assistir a aulas ao vivo pelos hangouts.

Essas aulas online, contudo, não substituirão as presenciais e não serão obrigatórias. “Funcionarão como um complemento da formação dos alunos”, informou a Subsecretária de Educação, Rosania Morroni.

Para o governador, a parceria vai deixar a rede estadual “mais colaborativa na rede”. “As aulas vão sair dos muros das escolas”, afirmou.

Mundo. Essa parceria com o Google não é inédita. Em outros países, como nos Estados Unidos e Malásia, universidades e escolas já usam os pacotes da empresa voltados para a educação. “Foi a utilização massiva por essas instituições nos EUA que levou o Google a formar a área de Educação”, afirmou o diretor de Educação do Google Brasil, Milton Burgese.

Secretaria da Educação dará softwares gratuitos a todos os alunos da rede

A Secretaria da Educação de São Paulo fechou nessa quinta-feira, 31, uma parceria com a Microsoft para oferecer gratuitamente programas do pacote Office para todos os estudantes das escolas estaduais de São Paulo. A expectativa é atender a todos os 4,3 milhões de alunos da rede.

Cada um dos estudantes terá direito a 5 licenças do pacote Office, com programas como Word e Power Point, que podem ser usadas na escola ou em casa. A expectativa da Secretaria é articular o convênio a outros projetos tecnológicos da pasta, como o Acessa Escola, programa de inclusão digital e de acesso livre à internet nos colégios, e a Escola Virtual do Estado de São Paulo (Evesp), que oferece cursos interativos de idioma e preparatórios ao vestibular.

De acordo com a Microsoft, este é o maior projeto de oferta gratuita de softwares oferecido pela companhia em todo o mundo. Prefeituras e escolas privadas também podem buscar a empresa para firmar o mesmo convênio. A expectativa é que a distribuição dos programas comece no primeiro semestre de 2014.

fontes: O Estado de São Paulo
27-11-2013: http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,ferramentas-do-google-serao-usadas-em-escolas-estaduais-de-sp,1101312,0.htm
01-11-2013 http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,secretaria-da-educacao-dara-softwares-gratuitos-a-todos-os-alunos-da-rede,1092142,0.htm

Anúncios

Atividade para o primeiro dia

TAREFA 1. Neste primeiro desafio de hoje á tarde, devemos procurar um artigo jornalístico que está na Internet e que tem o seguinte título “Professores usam apenas recursos mais simples do computador”.

Como não sabemos muito bem onde é que esse texto está, vamos abrir o buscador Google (http://www.google.com) e colocar na janela de busca a frase completa do título entre aspas.

Devemos chegar lá no artigo que está em um jornal online e que é da autoria da Agencia Brasil, de Brasília.

TAREFA 1a. Abra o programa Word (processador de texto) existente no computador e copie e cole o texto desse artigo em um documento de Word. Dica: Para copiar e colar informações, você deve primeiro selecionar o corpo do texto do artigo, apertar as duas teclas “Ctr0l” + “c” (para copiar) e depois, já no documento de Word  apertar as teclas (“Ctrol” + “v”) para colar esse texto.

Atenção: Provavelmente surgiram uns elementos estranhos quando você colou o texto extraído da Internet no documento de Word, verdade? É que as páginas da Internet tem alguns elementos que também foram transferidos para o novo documento. Nesse caso a minha recomendação é colar o texto do artigo primeiro no programa “Bloco de notas” e depois tomar esse texto já limpo (sem nenhuma formatação) e passar definitivamente para o Word.

O “Bloco de notas” você o encontra pelo caminho seguinte: Iniciar > Programas > Acessórios > Bloco de notas.

TAREFA 1b. Já com o texto completo (com título e autor)  copiado no Word, devemos formatar esse texto da seguinte forma:

– O título será colocado na fonte Arial tamanho 14 e negritos, enquanto que o corpo do texto estará em Arial também mas com tamanho 12 e sem negritos.

TAREFA 1c. No final do texto acrescente a fonte de onde foi obtido esse artigo. Para isso, tente fazer a referência bibliográfica desse texto da forma mais completa possível e não esqueça de colocar também o endereço ou URL desse artigo. Básicamente, essa  referência bibliográfica deverá ter: SOBRENOME, nome (do autor), título do artigo, nome do jornal, data. Também, como e um texto na Internet, devemos colocar o link de onde foi tomado esse texto (URL), precedido da frase “Disponível em:”.

TAREFA 1d. Descreva o tema e aspectos fundamentais desse breve artigo. De que trata esse artigo? Aproveite também para observar os outros elementos existentes ao lado desse artigo e que ajudam na navegação e  disseminação da informação: twitter, delicius, artigos relacionados, etc. Procure saber mais dessas ferramentas na Wikipedia (http://pt.wikipedia.org) ou digitando no Google “define:termo procurado” (por exemplo,  “define:twitter”).

TAREFA 1e. Salve esse documento de Word no computador ou pendrive com o texto já formatado e a referência da fonte. Identifique o arquivo como “seu nome_sobrenome_tarefa1” e envie-lo para o e-mail do professor Gonzalo que está na apostila.

TAREFA 2. Aproveite para saber a definição de Twitter, Delicius ou otro serviços de divulgação que aparecem relacionados com esse artigo de jornal. Para isso, digite no Google “define:termo procurado”

TAREFA 3. Navegue pela Internet e conheça alguns dicionários e glossários de utilidade para professores e estudantes de línguas. Comente os sites encontrados e seus links utilizando a ferramenta para “deixar um comentário” que está sob o título deste post.

Acho que é isso para agora à tarde.


Escreva seu e-mail para assinar este blog e saber sobre o envio de novos comentários neste blog.

Junte-se a 98 outros seguidores

Arquivos do blog